slider_prev slider_next

Últimas

A garota dinamarquesa: Astrid Andersen

08.02.17

Eu não costumo acompanhar a moda dos países nórdicos da Europa. Entretanto, durante a semana de lançamentos de Outono de 2017 em Copenhagen, a marca Astrid Andersen me chamou a atenção. A dinamarquesa Astrid, que até esta temporada tem desfilado em Londres, é considerada a mais ‘cool’ do pedaço, e, até a temporada de Primavera de 2017 desenhou só coleções masculinas. O seu é um “sport-street” de luxo para homens, iniciado em 2010, e desde junho passado ela estreou com sucesso uma linha para moças que propôs no lineup masculino de Primavera 2016. Agora, em janeiro, mostrou uma coleção feminina completa para o Outono de 2017, em sua cidade natal, Copenhagen. Seu estilo tem tudo a ver com o vernáculo do século 21, influenciado por basquete e hip-hop, com pegada sensual, transformando roupas para a atividade esportiva em looks para sair em qualquer ocasião. Além disso, seus modelos alcançam numeração maior e também servem para que não é tão magrinha. Ela cuida: o manequim da talentosa garota é plus size.

– Maxi bomber de cetim e veludo de viscose, chamado “molhado”, sobre top cropped e longa saia de jersey com mega abertura. Sneakers Nike Flyknit como acessórios de todos os visuais;

– Vestido longo de veludo “molhado” fechado por pressões nas laterais, usado sobre calças de cetim com detalhes em veludo;

– Macacão “oversized” de veludo cotelê;

– Jaqueta com gola de pele sintética e calças oversized de veludo cotelê. Longa camisa de cetim com estampa ‘plumas’;

– Jaqueta de nylon e veludo assim como a blusa sobre calças de veludo “molhado

reprodução reprodução reprodução reprodução reprodução